Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Mais oito frigoríficos de Mato Grosso são habilitados para exportarem carnes a China




COMPARTILHE

Mais 25 plantas frigoríficas brasileiras, entre elas oito indústrias instaladas em Mato Grosso, estão habilitadas a vender carnes para a China, de acordo com comunicado da GACC (órgão de sanidade chinês) enviado ontem ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O número de plantas habilitadas no País passa de 64 para 89. O Estado, que é o maior detentor de bovinos do País, teve habilitadas seis unidades de bovinos, uma suínos e uma de frangos para o consumo chinês.

Para exportação de bovinos foram habilitadas seis unidades frigoríficas de Mato Grosso: Redentor em Guarantã do Norte, Marfrig Global Foods em Tangará da Serra, Naturafrig Alimentos LTDA em Barra do Bugres, Marfrig Global Foods, Várzea Grande, Agroindustrial de Alimentos S.A em Rondonópolis e Vale Grande Indústria e Comércio de Alimentos em Matupá.

De frangos foi a BRF de Lucas Do Rio Verde, que também foi a única planta no País habilitada para exportação de carne suína para a China. Dos novos estabelecimentos habilitados no Brasil pela China, 17 são produtores de carne bovina, seis de frango, um de suíno e um de asinino. As empresas já podem exportar imediatamente.

As negociações foram conduzidas pelo Mapa, pelo Ministério das Relações Exteriores e pela Embaixada do Brasil na China. Em maio, a ministra Tereza Cristina e comitiva viajaram para China e outros países asiáticos com o objetivo ampliarem a venda dos produtos agropecuários brasileiros.


Autor:AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<