Domingo, 20 de Outubro de 2019

Familiares de vítimas de avião que caiu há 40 anos no Pará reconhecem destroços




COMPARTILHE

Destroços de um avião, que caiu há 40 anos, foram reconhecidos nesta segunda (30) por familiares de vítimas do acidente em Novo Progresso, no oeste do estado.

As buscas estavam sendo feitas por parentes das vítimas do acidente. As partes do avião foram encontradas, há três anos, por um agricultor que vive na área onde aconteceu o acidente.

Várias peças de roupas estavam em meio aos ferros retorcidos. O filho de uma das pessoas que morreu estava entre o grupo que foi até o local onde estavam os destroços. A aeronave de prefixo PT-BHG, modelo cessna 180, caiu em setembro de 1979, com quatro pessoas a bordo - piloto, co-piloto e dois passageiros. Os quatro morreram. Segundo os parentes das vítimas, a Aeronáutica tem conhecimento do caso.

Os destroços foram deixados na Unidade de Conservação Itaituba II, próximo ao Distrito de Caracol, há 30 Km da rodovia BR-163. Nenhum corpo foi encontrado. Os familiares disseram que o piloto e o co-piloto eram de outros estados. Os passageiros eram Manoel Abreu Silva e José Borges. À época, Manoel havia sido baleado na área onde hoje é o município de Novo Progresso. Ele foi levado para Itaituba, mas a cirurgia não foi bem sucedida e ele precisou ir para Cuiabá. Na viagem de Itaituba para Cuiabá, no Mato Grosso, o avião caiu na mata.


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<