Terca-Feira, 24 de Novembro de 2020

Ramba se alimenta de folhagens durante seus primeiros dias em Chapada dos Guimarães




COMPARTILHE

A elefanta Ramba chegou à tarde da ultima sexta-feira (18), no Santuário dos Elefantes, em Chapada Guimarães, há 65 km, de Cuiabá, depois de viajar 3.600 km. Inicialmente, Ramba deve ficar em um curral até se adaptar a nova casa. Na próxima semana, ela vai poder se juntar a Maia e Rana, elefantas que já foram acolhidas pelo santuário.

Ela saiu de Santiago, no Chile, transportada em avião Boeing 747 cargueiro, até o Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Depois ela fez o último percurso por terra, onde percorreu mais de 1.400 km até chegar ao Santuário.

Após a chegada ao destino final, a elefanta Ramba está se alimentando de folhagens em seus primeiros dias no Santuário de Elefantes em Chapada dos Guimarães. O presidente do santuário, Scott Blais, contou que, devido ao cansaço e insegurança, o animal demorou cerca de duas horas para sair da caixa onde foi transportada.

Scott afirmou que, durante 32 anos de trabalho com elefantes, a chegada da Ramba foi a experiência mais incrível que ele teve.“Foi uma longa estrada, mas muitas pessoas trabalharam juntas e deram suporte. É mágico ver todos juntos, tantas pessoas envolvidas fazendo a diferença. Podemos mudar a vida de muitos animais e de muitas pessoas quando todos fazem a sua parte”, ressaltou. 

A viagem - Durante o trajeto, houve uma parada para descansar em Santa Fé do Sul (SP), na quarta-feira (16). Segundo a equipe que acompanhou a elefanta, a viagem foi tranquila.  Ramba é a última elefanta de circo do Chile e o trâmite para que ela fosse transferida para o Brasil durou seis anos, sendo dois deles dedicados somente à logística da viagem.

Este é o primeiro caso de resgate internacional de elefante de cativeiro mediante denúncia de maus-tratos que o Brasil recebe. O santuário em Chapada dos Guimarães é o único da América Latina. No mundo todo são seis santuários.


Autor: Ianara Garcia com TVCA


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias