Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

Governo do Pará discute parcerias para o desenvolvimento do turismo na Amazônia




COMPARTILHE

O governo do Estado vem discutindo uma série de iniciativas inovadoras com a iniciativa privada e demais agentes do mercado turístico, para alavancar o desenvolvimento sustentável do Pará.

A ideia é que o Estado esteja alinhado às ações propostas pelo Plano Nacional de Turismo, que, entre outros assuntos, debate a aberturas de parques nacionais, por meio de concessões de serviços e parcerias público-privadas.

Com esse mote, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) promoveu, na quarta-feira (6), em Belém, uma palestra com o americano Dennis Speigel, mais conhecido como o 'senhor dos parques temáticos'. O objetivo foi discutir a relevância desse produto turístico na Amazônia.

"Ele veio aqui para relatar a experiência de 50 anos que possui em parques temáticos pelo mundo e também conversar sobre as nossas potencialidades. A Amazônia pode ser o lugar dos próximos parques temáticos", afirmou o titular da Setur, André Dias.

O americano Dennis Speigel foi um dos palestrantes do evento, ele já participou do processo de concepção de diversos espaços do tipo ao redor do mundo - Kings Island (EUA), Kings Dominion (EUA) e o Parc Astérix (FR) - apresentou um panorama global sobre o tema, revelando projeções positivas de fluxo turístico para o Brasil nos próximos anos. O americano também ressaltou que a temática 'Amazônia' é bastante explorada para atrair visitantes aos parques de países da Europa e Ásia. Ou seja, um mercado que a região amazônica poderia absorver se caso fizesse parte dessa rota.

Segundo ele, o segmento de entretenimento turístico atrai cerca de 85 milhões de visitantes por ano, gerando um impacto econômico de 19 bilhões de dólares. "É um efeito cascata. As atrações turísticas de grande escala ou parques temáticos atraem uma grande massa de turistas, que aumenta a quantidade de pernoites em hotéis, gerando mais empregos, renda e desenvolvimento em um curto espaço de tempo", afirmou Speigel.

Para a secretaria adjunta de Desenvolvimento, Mineração e Energia (Sedeme), Luciana Bitencourt, é de fundamental importância discutir o tema na região, haja vista que o turismo tem sido a principal mola propulsora do desenvolvimento econômico no mundo e no Brasil.

Secretária adjunta da Sedeme, Luciana Bitencourt, falou da importância do turismo para o desenvolvimento da região"O Estado entende que alavancar o turismo é uma iniciativa de extrema relevância por ser um braço forte do desenvolvimento econômico do Estado. Portanto, é necessário se aprofundar na discussão da criação de um parque temático na Amazônia", disse a secretária adjunta.

Empresários, representantes de restaurantes, da rede hoteleira e de empresas de viagem estiveram presentes no evento. A ideia é que a criação de um projeto arrojado de parque temático no Pará seja discutido coletivamente, ou seja, com a participação direta de atores envolvidos em turismo no Estado.

"Temos que sonhar grande e acreditar no potencial que temos. O papel do Estado é fomentar o turismo na nossa região, criando debates como esses, construindo políticas públicas com a participação ativa de todos", ressaltou o titular da Setur, André Dias.

Max Raymyr, representante comercial de um parque aquático que fica às margens da BR-316, em Santa Izabel, região metropolitana de Belém, foi um dos presentes e se mostrou animado com a iniciativa do governo de ampliar a discussão sobre o tema. Ele disse estar confiante que o segmento será mais valorizado no Estado.

"Achei muito interessante, uma vez que busca agregar valor ao Pará, principalmente para a área turística. Estamos há 10 anos trabalhando neste ramo e nunca tínhamos sido convidados a participar desse processo com gestões anteriores", garantiu.

Sustentabilidade - Quem também contribuiu com o debate foi o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Alain Baldacci, que também é consultor em planejamento turístico. Ele ressaltou que um parque temático na Amazônia será um bom exemplo de sustentabilidade, já que o objetivo do projeto é dialogar com a preservação dos recursos naturais, valorizando a experiência do turista com mensagens educativas e ecológicas.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias