Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022

Revendedores de gás de Palmas enfrentam problemas para manter estoques na cidade




COMPARTILHE

Muitos revendedores de gás GLP de Palmas estão enfrentando dificuldades para manter os estoques dentro da normalidade. É que as distribuidoras estão demorando a entregar os pedidos e como tem mais gente em casa, o consumo acaba crescendo também.

Uma pesquisa feita pela reportagem da TV Anhanguera em dez revendedores de gás em Palmas, nesta terça-feira (15), mostrou que praticamente todos estão com dificuldade em manter o estoque dentro da normalidade.

Essa realidade vem sendo registrada em várias regiões do país. Apesar disso, a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) negou que haja um desabastecimento do produto no Brasil. O revendedor Luiz Cláudio contou que nesta quarta-feira (15) tem apenas 65 botijões para trabalhar nos próximo dias. Ele fez um pedido que deveria ter chegado na segunda-feira (13), mas até agora não foi entregue pela distribuidora.

"A quantidade a gente não sabe exato quanto vai vir. Está previsto para abastecer amanhã [quinta-feira]. Tinha um estoque até razoável, mas já está findando. Se continuar assim, pode não existir falta de gás, mas racionamento já está tendo. Um dia vai ter outro não vai ter", disse.

Segundo ele, as engarrafadoras não fizeram nenhum aumento no preço e até agora. O monitoramento de preços feito pela própria ANP mostra que em Palmas o botijão de 13 kg está sendo vendido entre R$ 75 e R$ 87."As engarrafadoras não fizeram nenhum repasse. Não tem nenhuma diferença de preço até agora referente a compra dele. Sobre isso aí está tranquilo ainda", disse.


Autor: AMZ Noticias com G1


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias