Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

DNIT fará nova licitação do trecho da BR 158 entre Vila Rica e o Pará




COMPARTILHE

O superintendente do DNIT em MT, Luiz Antônio Garcia confirmou ao deputado Estadual Baiano Filho (PMDB) que o Ministério do Transporte realizará novo processo licitatório para a pavimentação da BR-158, no trecho de 45 km entre a divisa com o Pará até o rio Crisóstomo, em Vila Rica. Há cerca de um ano, o DNIT oficializou a rescisão do contrato e a retirada da empresa Semenge da execução das obras, cabendo a Rodocon a retomada da pavimentação.

Não bastasse o prejuízo às obras desde 2009, quando a Semenge assumiu o trecho, e todo o processo rescisório para sua retirada, em 2013 o DNIT anuncia a impossibilidade da segunda colocada Rodocon assumir as obras. Segundo o órgão, será necessário redimensionar a planilha de custos e abrir nova licitação, sem previsão de prazo.

“Estou trabalhando uma agenda urgente com o ministro do transporte para cobrar respostas, há um ano estivemos em Brasília, recebemos garantias da retirada da semenge e sua substituição pela segunda colocada, fizemos audiência pública sobre o tema onde o DNIT voltou a confirmar a retomada das obras pela rodocon e só agora somos informados da necessidade de um novo processo licitatório, até que se revise as planilhas, redimensione custos, abra edital, conclua o processo e inicie as obras vai mais um ano, ou seja, mais um ano de discurso sem resultados”, criticou Baiano Filho.

CONTORNO – O DNIT também não tem previsão sobre a revisão dos projetos relacionados ao trecho de 180km que contornará a reserva indígena Marawatsede. Segundo o governador Silval Barbosa está sendo negociado com o órgão a possibilidade do Governo do Estado assumir a execução dos projetos, mas ainda não há definições.  

Sobre a BR-242, a Aprosoja e AMPA concluiram a revisão dos projetos do trecho entre Querência e Nova Ubiratã.


Autor:Naira Martins - Jornal da Noticia


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<