Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2022

Secretário de Guaraí entrega cargo após MPE citar condenação por estelionato e associação criminosa




COMPARTILHE

O secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Guaraí, Hugo Nunes, entregou o cargo nesta terça-feira (19) após uma recomendação do Ministério Público. Segundo o órgão, ele foi nomeado mesmo sendo "condenado pelas práticas de crimes de estelionato e associação criminosa".

O afastamento ocorreu horas após o Ministério Público expedir recomendação administrativa para que a prefeita Fátima Coelho (DEM) promovesse exoneração imediata.

Conforme o Ministério Público, os delitos foram cometidos com mais quatro pessoas entre os anos de 2014 e 2015 na cidade de Guaraí. O órgão informou que "Hugo obtinha vantagem ilícita na concessão de cotas de cartas de consórcio contempladas por instituição financeira".

A Prefeitura de Guaraí afirmou que Hugo Nunes entregou seu cargo voluntariamente e apresentou um balanço das ações desenvolvidas enquanto esteve à frente da pasta. Leia abaixo a nota na íntegra, a reportagem responsável pela matéria tenta contato com o ex-secretário.

O QUE DIZ A PREFEITURA DE GUARAÍ - A Prefeitura de Guaraí recebeu com surpresa à recomendação do Ministério Público Estadual (MPE-TO) que pede a exoneração do secretário municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos hídricos, Hugo Nunes Coelho. Nesta terça-feira (19), Hugo Nunes apresentou um balanço das ações desenvolvidas à frente da pasta e entregou o cargo de secretário do Município de Guaraí.

Diante dos fatos apresentados, em respeito ao trabalho desenvolvido pelo MPE, e diante da iniciativa do secretário Hugo Nunes, que entregou seu cargo voluntariamente, a Prefeitura de Guaraí considera o caso por encerrado. A Prefeitura de Guaraí agradece o trabalho desenvolvido pelo secretário Hugo Nunes e lhe deseja sucesso em sua jornada.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias