Domingo, 17 de Outubro de 2021

Palmas alcança mais de 50% de cobertura de vacinação contra a Covid-19 e aciona público acima de 29 anos




COMPARTILHE

Com mais de 50% da população apta à vacinação em Palmas já imunizada com a primeira dose contra a Covid-19, a Prefeitura de Palmas abriu nesta quarta-feira, 11, o agendamento para pessoas acima de 29 anos se vacinarem na quinta-feira, 12.

Seguindo com a ampliação, na quinta-feira, 12, o sistema agendará a vacinação para sexta-feira, 13, das pessoas acima de 28 anos. E, na sexta-feira, 13, o agendamento será aberto para a população com idade acima de 25 anos se vacinar no sábado, 14. Para agendar sua vacina acesse o site do Vacina Já aqui.

Nesta quarta-feira, 11, a aplicação das doses da vacina contra a Covid-19, prosseguiu para o público com idade acima de 30 anos que já fez o agendamento. Para quem teve alguma dificuldade no agendamento, a recomendação é de que não deixe de tomar a vacina. Compareça a uma das unidades que está vacinando (veja relação abaixo) e assegure a proteção.

Em Palmas, as doses da vacina também estão disponíveis para trabalhadores da indústria (CNAEs 36, 37, 38, 39, 53, 59, 60 e 61), limpeza urbana, transporte urbano, educação, saúde, bancários com os nomes enviados pelas instituições, pessoas com comorbidade acima de 18 anos e, ainda, as grávidas e puérperas (até 45 dias pós-parto), e acima de 18 anos.

Para se vacinar, é necessário levar uma cópia do comprovante de endereço, documentos pessoais (RG, CPF ou CNH), cartão de vacina, cartão do SUS e, caso precise, laudo que comprove a comorbidade ou declaração que ateste o vínculo empregatício (cópia da carteira de trabalho, contracheque, dentre outros).

Grávidas -  No caso das grávidas e puérperas, é necessário apresentar documento com avaliação médica individualizada que comprove que foi orientada sobre os riscos e benefícios para a tomada de decisão. Este documento deve ser solicitado ao médico, seja da rede pública ou privada, que faz o acompanhamento da gestante.

Além dos documentos citados acima, também deve ser apresentada a caderneta da gestante (para as grávidas) ou a declaração de nascido vivo ou natimorto (para puérperas). A gestante com comorbidade ainda deve apresentar declaração ou laudo médico que comprove as doenças.

Para se vacinar é necessário levar uma cópia do comprovante de endereço, documentos pessoais (RG, CPF ou CNH), cartão de vacina, cartão do SUS e, caso precise, laudo que comprove a comorbidade ou declaração que ateste o vínculo empregatício (cópia da carteira de trabalho, contra cheque, dentre outros).

Segunda dose -  A vacinação também segue aberta para quem precisa tomar a segunda dose da Coronavac (21 dias após a 1ª), Astrazeneca (80 dias após a 1ª) ou Pfizer (85 dias após a 1ª). Para quem vai tomar a segunda dose é necessário apresentar documento de identificação pessoal e comprovante de residência.


Autor: AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias