Terca-Feira, 22 de Outubro de 2019

Deputado quer garantir percentual da receita tributária para ativar a Cultura




COMPARTILHE

A vinculação de recursos nos orçamentos do Estado para a preservação, produção e difusão da cultura regional foi sugerida hoje pelo deputado José Riva (PSD) como alternativa para superar as dificuldades que os gestores do setor enfrentam hoje. A ideia é estabelecer um percentual fixo do orçamento, como foi feito recentemente pela Assembleia Legislativa para garantir a autonomia financeira da Unemat.

A proposta foi apresentada pelo parlamentar esta manhã durante a 2ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, promovida pela Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso (SEC).

José Riva lembrou que um dos maiores patrimônios de Mato Grosso e do Brasil é sua diversidade cultural, mas a maioria da população não tem acesso a tantas manifestações autênticas que precisam ser valorizadas. “A promoção e a valorização destas riquezas dependem de um decisivo apoio governamental, pois não basta o amor e a dedicação dos artistas pela causa se não houver suporte financeiro a estas atividades”, argumentou.

Para o parlamentar, “a cultura em Mato Grosso e no país precisa ser entendida também como um espaço de realização da cidadania, de superação da exclusão social e uma atividade capaz de atrair divisas para o estado”, citando outro fator favorável, a iminência da Copa do Mundo que trará milhares de turistas estrangeiros e brasileiros a Mato Grosso.

Ele ressaltou a determinação da secretária Janete Riva e de toda a sua equipe em colocar a Cultura no patamar que merece. Mas isso só será possível através de mecanismos como a vinculação de recursos, que assegura resultados efetivos para a valorização do artista e do produtor cultural.

A secretária Janete Riva, anfitriã do evento, destacou a importância de receber representantes de todos os estados brasileiros para discutir questões que afetam a todos. “O Fórum oportuniza a troca contínua de experiências e o contato direto com gestores do Ministério da Cultura. Sediar esta reunião de secretários estaduais é uma ação que amplia o debate sobre as políticas culturais, com foco no respeito pela classe e no acesso da população aos bens culturais”, explicou a secretária.

O cantor, compositor e secretário de Cultura da Paraíba, Chico César, apreciou muito a apresentação do grupo de Siriri Flor Ribeirinha, um dos mais famosos de Mato Grosso. “Como artista e agora secretário estadual, tenho percorrido o país e me impressiono com a riqueza das manifestações populares através da música, da dança e das artes em geral. Mato Grosso está de parabéns por valorizar esta diversidade cultural, colocá-la em evidência num evento que permite a discussão democrática entre os artistas, gestores e produtores de cultura”, finalizou.


Autor:Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<