Sexta-Feira, 19 de Abril de 2019

Polícia Civil efetua prisão de ladrão de bancos do PR em São Félix do Araguaia




COMPARTILHE

Um homem com dois mandados de prisão em aberto da Justiça do Paraná foi preso pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (28.05), em São Félix do Araguaia (1.200km a Nordeste de Cuiabá).

O preso Vanderley Rimovicz, 32, é apontado como integrante de uma quadrilha de roubo a bancos no Estado do Paraná. O pai do acusado, Benedito de Assis Rimovixs, 54, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

O acusado, considerado de alta periculosidade pela Polícia Civil do Paraná, era investigado há cerca de um mês por policiais civis da Delegacia de São Félix do Araguaia, com apoio do Núcleo de Inteligência da Regional de Porto Alegre do Norte (1.125 km a Nordeste). Ele é suspeito de praticar diversos roubos em Mato Grosso.

Na apuração, os investigadores conseguiram identificar o paradeiro do criminoso, que estava residindo na casa do pai, um sítio na zona rural entre os municípios de São Félix do Araguaia e Luciara (1.166 km a Nordeste).

Na local, foram apreendidas duas armas, sendo um revólver, calibre 32, com quatro munições e um rifle, calibre 22, além de dois animais da fauna silvestre. No sítio, o suspeito mantinha em cativeiro de forma ilegal, dois porcos do mato Caititu.

De acordo com o delegado de São Félix do Araguaia, Waner dos Santos, o acusado possui passagens por roubo a banco, porte ilegal de arma de uso restrito, formação de quadrilha e furto qualificado. “Ele foi condenado a 32 anos de reclusão em regime fechado e estava foragido desde 2011”, disse o delegado.

O acusado foi conduzido a Cadeia Pública de São Félix do Araguaia.


Autor:Camila Molina - Jornal da Noticia


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<