Domingo, 19 de Janeiro de 2020

Em encontro da Juventude, Serys admite filiação ao PTB para disputar 2014




COMPARTILHE

Sem partido desde que deixou o PT no ano passado, a ex-senadora Serys Marly admite a tendência de aderir ao PTB para disputar novamente uma vaga no Senado em 2014. A preferência por se juntar aos petebistas foi anunciada durante encontro da Juventude da sigla, realizado na noite dessa sexta-feira (12), em Cuiabá.

Serys afirmou, em entrevista à Imprensa, que ficará a semana que vem em Brasília e logo no retorno aprofundará as discussões para eventualmente oficializar a filiação. Por isso, nem deverá adiar a decisão para outubro, prazo máximo de adesão aos interessados em participar da eleição geral de 2014.

“Há uma forte tendência de me filiar ao PTB porque tenho simpatia pelo partido e muitos amigos mais próximos concordam com essa escolha. Oficializando essa questão, a candidatura ao Senado será consequência”, afirma Serys, que, em mais de 30 anos de militância, pertenceu ao PV, PMDB e PT. Diversas autoridades, entre elas o presidente de Cuiabá do PTB, Carlos Haddad, a saudaram como filiada à sigla.

A ex-senadora afirma que a nova candidatura ao Senado seria um pedido de amigos, além de sugestão de muitos aliados que não teriam digerido a eleição de 2010. Na ocasião, ela foi derrotada numa disputa interna do PT, que lançou na corrida por uma vaga no Senado o ex-deputado federal Carlos Abicalil. Serys esteve em encontro do partido no início de junho, em Campo Verde.

Diante da derrota para Abicalil, a ex-parlamentar teve que encarar o pleito por uma vaga na Câmara Federal, onde ficou como suplente. A permanência no PT, que já não era fácil diante do embate com o grupo de Abicalil, inviabilizou-se em outubro de 2012, na semana da eleição do primeiro turno entre o atual prefeito, empresário Mauro Mendes (PSB) e o ex-vereador Lúdio Cabral (PT).

ENCONTRO DO PTB

Mais de 150 filiados, representantes de 14 diretórios municipais da juventude, participaram do encontro da Juventude realizado em um hotel de Cuiabá. Serys foi a única presente na condição de convidada.

Para a eleição de 2014, o PTB articula para deixar de ser um mero coadjuvante, como se tem verificado nos últimos anos. Já filiou o ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, que deixou o PR e quer estrear nos pleitos para concorrer a uma vaga de deputado federal.

O ex-prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, deve disputar vaga de deputado estadual.


Autor:HiperNoticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<