Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019

Duas crianças de cinco anos de idade morrem queimadas em Cuiabá




COMPARTILHE

Poucos minutos custaram a salvação dos irmãos Luiz Henrique e Nickyson, de cinco anos, tragicamente mortos em incêndio no final da manhã desta quarta-feira (31), na residência da família, no bairro Jardim Guanabara.

No momento do sinistro, a irmã mais velha, de 15 anos, que estava ouvindo música no andar de cima, sentiu cheiro de queimado e saiu à rua em busca de ajuda dos vizinhos para socorrer as crianças.

Porém, testemunhas revelam que propagação do fogo foi instantânea e não houve tempo para enfrentar as chamas e, ao mesmo tempo, salvar os irmãos.

No momento do pânico alguns vizinhos chegaram a tirar o extintor de incêndio do carro para tentar apagar o fogo, mas não foi suficiente para conter as chamas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, pelo menos 25 chamadas foram feitas até a chegada do caminhão no local.

As crianças sofreram queimaduras de terceiro grau e para identificação será necessário exame na carga dentária ou de DNA.

A energia do local teve de ser cortada para que os bombeiros pudessem trabalhar com mais tranquilidade. A suspeita principal é que as crianças estivessem brincando com fogo e não perceberam a propagação.

A porta estava trancada por dentro, o que atrapalhou ainda mais a tentativa de resgate, o local onde pegou fogo fica em uma dispensa, muita pequena, no térreo do sobrado. Os bombeiros chegaram ao local com rapidez, mas sem sucesso no salvamento.

As crianças, com idades idênticas, são filhos de uma sargento da Polícia Militar, lotada no 1º Batalhão. Vários componentes da instituição foram prestar solidariedade à mãe das vítimas que teve de ser medicada por conta da situação.

Psicólogos também estão na residência da família ajudando a acalmar os parentes e vizinhos que estão abalados com o caso.


Autor:Olhar Direto


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<