Quinta-Feira, 02 de Abril de 2020

Almerinda DLucca volta atrs no acordo com Roseli Barbosa e o show continua




COMPARTILHE

Às vésperas de mais um espetáculo, o ator André D’Lucca, que dá vida nos palcos à socialite emergente Almerinda, decidiu voltar atrás no acordo de paz que havia selado com a primeira-dama do Estado, Roseli Barbosa. A secretária de Assistência Social havia movido um processo na Justiça para impedir que ele a "agredisse" com piadas contadas em shows, vídeos considerados ofensivos e mensagens postadas nas redes sociais.

André, que se apresenta na noite desta terça-feira (20) na Cachaçaria com o stand up “Almerinda Governadora, Vote 37 Milhões PSSI – Partido das Socialites Sob Investigação “, já mandou avisar que pra ele o acordo com a primeira-dama está desfeito. O post com o desabafo do ator foi feito na madrugada desta terça-feira (20), em sua página do Facebook.

Após acordo, ator admite que exagerou e retira críticas à Roseli Barbosa

“Só não muda de ideias quem não as tem. Roseli, adorei a reunião, te conhecer de perto, aprender alguns trejeitos seus e ver de perto o tom do seu Loiro 40. Gostei do Fato de VOCÊS proporem o acordo para retirar a ação. Você me mostrou o poder de uma Piada. Mas o assunto foi para imprensa de forma tendenciosa. Li matérias que dizem que eu propus o acordo e isso é uma grande mentira. Diz que vou apagar meus vídeos. KKKKKKKKKKKKKKK. Cada uma né? Meu advogado me disse que vocês pediram esse acordo. No final ficou parecendo que eu RECEBI DINHEIRO, que eu me vendi, que eu me ajoelhei e pedi desculpas, que a Madame saiu vitoriosa, e ainda diz lá que o que a senhora fez não foi uma tentativa de Censura. O que foi então? FOI CENSURA SIM! Na sentença isso fica claro pra mim”, postou o ator.

Ao contrário do que foi declarado pela defesa de Roseli, em entrevista ao Olhar Jurídico o ator nega que ele tenha ‘admitido’ e se desculpado por ter ‘extrapolado’ com relação às piadas envolvendo o nome da primeira-dama.

“Eu só admiti excesso com relação à questão do botox, e no termo de acordo de acordo que firmamos havia me comprometido a separar a Roseli mulher e mãe, da Roseli gestora. Mas depois dessa, não têm mais acordo algum, ficou parecendo que curvei. Pegou mal pra mim”, desabafou o André.

Em sua página no Facebook, o ator foi ainda mais longe e deu a deixa de que hoje entrará em cena mais ‘afiado’ que nunca. “Me senti enganado. Entendo a urgência da operação abafa, ano que vem tem eleição. Mas felizmente esse acordo só terá validade quando for homologado pelo Juiz e ele não será. EU DESISTO do ACORDO. Nesses termos que vocês querem não tem acordo. Seguimos igual, além das piadas antigas, dos dois espetáculos novos, hoje decidi criar mais piadas novas. A senhora no final disse que minha peça está sem graça de tanto que falo de vocês. Não sei quem lhe disse isso, mas mentiu. Almerinda nunca esteve tão engraçada. Venha conferir. Você e Silval são meus convidados”, completou.

O advogado da primeira dama, Ulisses Rabaneda afirma que até que seja notificado por via judicial ou que haja alguma manifestação pública do ator nos palcos descumprindo o acordo, o termo firmado fica válido. Somente a partir de algumas dessas ações, eles irão se manifestar.


Autor:Redao - Jornal da Noticia


Comentários
O Jornal da Notcia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<