Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

Prefeito ameaça trancar BR-158 se recuperação da estrada não for cumprida




COMPARTILHE

A BR-158 poderá ser interditada novamente e por tempo indeterminado. A ameaça foi feita pelo prefeito de Confresa, Gaspar Lazzari (PSD) que preside a Associação dos Municípios do Norte Araguaia (AMNA), caso o governo federal não cumpra a promessa feita na semana passada de recuperar toda a estrada, hoje em condições precárias para sua trafegabilidade.

Ao ameaçar o trancamento da rodovia por tempo indeterminado, Lazzari disse esperar que as promessas sejam cumpridas. Ele participou na segunda-feira de uma reunião em Brasília, no Ministério dos Transportes e deixou a Capital Federal com a garantia de que até 11 de setembro o Departamento Nacional de Infra-estrutura Terrestre (Dnit) assinará um convênio com o Governo do Estado para a licitação em Regime Diferenciado de Contratações (RDC) para recuperação da estrada.

“Aguardamos que esta data seja definitiva para podermos dar início às obras. Se não for faremos novas manifestações e o trancamento da estrada”, garante. “Nós iremos esperar apenas até dia 11 de Setembro, se nada for feito nos iremos nos juntar, todas as cidades da região do Araguaia e bloquear a BR 158 e só iremos abrir novamente quando o governo federal tomar uma postura’’ ameaça.

Para os prefeitos da região do Araguaia, o estado precário dos trechos reivindicados tem prejudicado o setor do agronegócio como também o conjunto da população.

O Norte Araguaia mato-grossense destaca-se pelo potencial de recursos naturais, assentamentos rurais e especialmente pela nova fronteira agrícola, com mais de três milhões de hectares agricultáveis.

A BR-158 é tida como principal via de escoamento da produção ao porto de Itaqui, no Maranhão, assim considerada a “espinha dorsal” para o desenvolvimento da região, argumentam os prefeitos.


Autor: Uasley Werneck – Continental FM


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias