Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020

Leitão critica Dilma Roussef por recusar admitir excesso de ministérios no governo




COMPARTILHE

O líder da Minoria na Câmara, deputado Nilson Leitão (MT), lamentou a decisão da presidente Dilma Roussef de manter os 39 ministérios, contrariando os apelos das ruas durante as manifestações.

Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, a petista decidiu que não fará mudanças no primeiro escalão do governo. Ela teria se decidido após conversa com Lula em Salvador.

Para Leitão, o bem do país e da população deveria estar acima das vontades do PT. Apesar disso, Dilma segue governando o Brasil com um modelo errado. “Isso demonstra a falência do modelo implantado pelo PT. Para se curar, qualquer doente precisa primeiramente reconhecer a sua doença. E a presidente não reconheceu a doença do seu governo, que é o exagero na estrutura montada pelo PT”, observou.

De acordo com o líder da Minoria, a petista não quer dar o braço a torcer, por isso mantém a enorme estrutura de ministérios. “Ela segue o mesmo ritmo ideológico implantado pelo governo do PT e não vai jamais ter humildade de escutar as vozes das ruas. A tendência é aumentar ainda mais o peso da máquina”, destacou.

O próprio PMDB, maior partido da base de sustentação do governo Dilma, sugeriu o corte de 14 pastas. Até o vice-presidente da República, Michel Temer, considerou razoável a ideia de diminuir o número de pastas. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) já defendeu publicamente a redução como solução para a crise política.

Estrutura governamental grande e cara:

39 - É o número de ministérios do governo Federal

984.330 - É o número de servidores contratados para fazer as pastas funcionarem

R$ 192,8 bilhões - É o custo anual com o gasto de pessoal dos ministérios

R$ 611 bilhões - É o valor das despesas de custeio de todas as pastas do Executivo – sem considerar investimentos

22.417 - É o número de pessoas com cargos comissionados na administração direta, autarquias e fundações do Poder Executivo Federal.


Autor: Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias