Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

Servidores de Vila Rica realizam paralisação e pedem saída da Secretária de Saúde




COMPARTILHE

Os Servidores Públicos Municipais do Município de Vila Rica realizaram Paralisação e Ato Público nesta quarta-feira, 06, reivindicando respeito e valorização justa a todos os servidores municipais.

Os mais de quinhentos servidores públicos municipais foram convocados pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Vila Rica (SISPUMVIR), para Paralisação e Ato Público que teve início na sede do Sindicato por volta das 08 horas e seguiu em caminhada com faixas e cartazes até a Avenida Brasil onde realizaram o Ato Público e por fim, fizeram uma concentração em frente à secretaria de Saúde do Município.

Na Secretaria de Saúde, os manifestantes fizeram coro pedindo a saída da Secretária Suramí Borges do comanda da pasta. “Fora Suramí”, gritavam os servidores.

A Presidente do SISPUMVIR, durante a manifestação, fez uma denuncia grave. “O objetivo desse Ato Público aqui é reivindicar nossos direitos, direito esse que está sendo negado pelo pessoal da Saúde, pela sua secretária de saúde, solicitando que os mesmos retornem aos seus trabalhos, que não participe da manifestação, como nós não temos a presença do pessoa da saúde aqui como deveria ter, respeito, ela tem que lembrar que nós temos uma Constituição, no seu Artigo 37 que diz que todo servidor público tem direito de se filiar ao seu sindicato e de participar de suas manifestações”, disse a Presidente.

O vereador Lázaro Gonçalves, único vereador a participar do movimento, lamentou que se tivesse chegado a esse ponto para que os servidores públicos possam ser ouvidos.

“Hoje o que está sendo reivindicado, é principalmente o respeito a nossa população por parte do Poder Público, porque está sendo discutido um projeto de lei que fere todos os princípios da legalidade e também o afastamento de alguns profissionais como é o caso do Dr. Nilo” disse Gonçalves.

O médico Nilo Amâncio participou da manifestação e falou da situação da saúde do município. “Vila Rica hoje existe um verdadeiro descaso com a saúde do município, as pessoas às vezes prestigiam alguns profissionais em detrimento do resto da população de Vila Rica”.

Questionado sobre os motivos que levaram ao afastamento de seus plantões no Pronto Atendimento, Nilo Amâncio foi categórico, “perseguição simplesmente”, respondeu o médico. 


Autor:Jornal da Noticia com Eldorado FM


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<