Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

Sargento é assassinado e soldado fica ferido durante abordagem nesta segunda, dia 23




COMPARTILHE

Um sargento PM foi morto a tiros durante uma abordagem a uma motocicleta na região de Caramujo próximo a cidade de Cáceres (a 230 quilômetros a oeste de Cuiabá).

Um policial militar, que estava junto do sargento, também foi baleado. A Polícia acredita que a moto estava sendo conduzida por um adolescente de 15 anos.O soldado baleado  está internado em estado grave no Hospital Regional de Cáceres.

O homicídio seguido de tentativa ocorreu, nesta segunda-feira (23), na madrugada, durante uma abordagem numa motocicleta que vinha da região da fronteira.

O piloto teria reagido e abriu fogo contra os PMs. Baleado no tórax, o sargento caiu ferido em estado grave. O policial foi atingido no pescoço e abdome. Os dois foram feridos foram levados para o Hospital Regional, mas o sargento morreu durante o trajeto.

Segundo policiais que atenderam a ocorrência, os PMs foram abordar a motocicleta que estava sem placas, pois havia a suspeita que estaria sendo usada para o tráfico.

Assim que se aproximaram, o adolescente atirou. Feridos, os policiais não conseguiram reagir. Após os disparos, o piloto da motocicleta abandonou o veículo e fugiu a pé.Os dois policiais eram lotados no 6º Batalhão e faziam o policiamento próximo da fronteira. 

Conforme novas informações, mais de 40 policiais fazem cerco ao homem que assassinou o sargento Amorim e deixou o policial militar W. Miranda gravemente ferido na madrugada desta segunda-feira (23), ainda de acordo com o coronel Cilson de Oliveira Silva, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e a Polícia Judiciária Civil (PJC) também participam do cerco. Até o momento, os policias acreditam que há apenas um suspeito envolvido no caso.


Autor:Jornal da Noticia com Mídia News


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<