Sábado, 16 de Novembro de 2019

Galindo diz que PTB discute aliança com Dilma, mas seu projeto é para estadual




COMPARTILHE

O ex-prefeito de Cuiabá e Presidente Estadual do PTB em Mato Grosso, Chico Galindo (PTB), disse que os boatos sobre sua nomeação a um cargo na reforma ministerial que a presidente Dilma Rousseff (PT) fará antes do Carnaval, não passam a principio de especulações e que seu atual projeto é a pré-candidatura a deputado estadual em 2014.

Galindo afirma que tem participado das reuniões com lideranças do bloco de apoio da presidente Dilma Roussef, liderados pelo Presidente do PT, Rui Falcão, e que o PTB, caso venha assumir algum ministério é unânime em apresentar o nome do atual presidente nacional da sigla, Benito Gama, para ocupar a pasta.  (foto primeiro-secretário-geral do PTB, Norberto Martins, Campos Machado, presidente PTB de São Paulo, Benito Gama Presidente Nacional do PTB, Rui Falcão, Presidente Nacional do PT e Chico Galindo Presidente da Fundação Instituto Getulio Vargas).

O petebista disse ainda que como atualmente, preside a Fundação Instituto Getulio Vargas, órgão de formação do partido, tem participado de varias reuniões para definir o rumo do PTB nas eleições presidenciais de 2014, e que existe uma conversa bem encaminhada com o PT a nível nacional.

O ex-prefeito afirmou que o PTB vai pleitear um cargo majoritário em suas alianças para a disputa eleitoral de 2014 em Mato Grosso, e voltou a citar o nome de Luiz Antônio Pagot, e da ex-senadora Serys Slhessarenko, como nomes com chance de comporem o arco de alianças.

Quanto à disputa para as vagas da Assembleia Legislativa, Galindo diz que o PTB possui mais de 30 bons nomes para compor a chapa e que o partido poderá se aliar com outros partidos atendendo seus correligionários

A reforma ministerial esta prevista para inicio de janeiro e segundo fontes, PTB, PP, PR e PSD são os principais cortejados para reforçarem a aliança com o atual governo do Planalto, liderado pela Presidente Dilma Roussef.

Em Brasília, PTB e PR compõe um único bloco no Congresso Nacional.


Autor:Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<