Quinta-Feira, 20 de Fevereiro de 2020

Cientistas descobrem um hormônio natural que reduz efeitos de euforia da maconha




COMPARTILHE

Uma equipe internacional de cientistas descobriu que um hormônio esteroide natural reduz a euforia causada pela substância psicoativa da maconha, em um trabalho publicado nesta quinta-feira (2) pela revista "Science".

Os pesquisadores descobriram que o hormônio pregnenolona diminui a atividade no cérebro do receptor tipo 1 de canabinoide, o que elimina o "barato" causado pelo tetrahidrocanabinol (THC), a principal substância psicoativa da maconha.

Esta descoberta pode levar a novos métodos de tratamento da intoxicação e da dependência de maconha e, segundo o artigo, "também permitiria que os pesquisadores isolassem as propriedades medicinais da erva, bloqueando seus efeitos sobre o comportamento".

Os hormônios esteroides são moduladores importantes da atividade do cérebro e do comportamento, e desempenham papéis cruciais na regulação de atividades fisiológicas como o comer, o despertar, a reprodução e o comportamento sexual, e participam da regulação da memória e dos estados de ânimo.

A pregnenolona é considerada como a precursora inativa de todos os hormônios esteroides e, segundo os autores, seus efeitos funcionais não foram investigados o suficiente.

"A administração de THC aumenta substancialmente a síntese da pregnenolona no cérebro pela ativação do receptor Tipo 1 de canabinoide", acrescentou o estudo. "A pregnenolona, então, atua como inibidor específico de sinal do receptor e reduz vários efeitos do THC".

"Esta reação negativa mediada pela pregnenolona revela um ciclo, que antes era desconhecido, que protege o cérebro da ativação excessiva do receptor, o que poderia abrir o caminho para o tratamento da intoxicação e da dependência de maconha", sustentou o artigo.


Autor:Agencia EFE


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<