Quinta-Feira, 20 de Janeiro de 2022

Walace quer R$ 50 milhões de IPTU, mas Várzea Grande continua sem investimentos




COMPARTILHE

A Prefeitura de Várzea Grande não quer perder os altos índices alcançados de arrecadação de tributos e já planeja medidas para arrecadar mais IPTU, contudo, tem se esquecido de que esse dinheiro deve ser investido na cidade.

Somente com as duas campanhas de conciliação, realizadas em setembro e novembro, R$ 8 milhões em dívidas foram negociados. Os valores arrecadados são maiores do que o registrado ano de 2012, R$ 7 milhões.

Para este ano, serão lançados R$ 50 milhões em IPTU com estimativa de arrecadar cerca de R$ 25 milhões. Se a projeção se confirmar, será um percentual inédito de retorno, já que em Várzea Grande, menos de 15% do IPTU são pagos anualmente. Em 2012, por exemplo, o setor fechou com retorno de 14%.

No entanto, mesmo com o bom índice de arrecadação, os moradores carecem de diversos serviços como iluminação pública, asfalto, saúde, educação, coleta de lixo, entre outros.

Na Avenida Alzira Santana, uma das principais que liga a diversos bairros, por exemplo, está tomada de buracos. Inclusive, a cerca de 100 metros da Avenida, que faz fundo com o Tênis Clube da cidade, um terreno baldio concentra todo tipo de lixo.  A secretaria de Serviços Urbanos já foi avisada, mas nenhuma providência foi tomada.

O descaso é igualitario, não diferenciando nem centro, nem periferia, bairros e avenidas centrais, vivem a mesma situação das mais longiquas avenidas, alem de buracos, a noite é uma escuridão total, seja nas principais avenidas como a Couto Magalhães e a Filinto Miller, seja em pequenas e simples ruas dos bairros periféricos.

Segundo o secretário de Receita de Receita do município, Luis Fernando Botelho Ferreira, a arrecadação do IPTU deve ser revertida em melhorias dos serviços oferecidos e equipamentos que dão suporte para tais ações. “Qualquer ação da prefeitura tem uma parte do IPTU. O imposto é uma das receitas mais importantes, pois, traz melhorias à cidade”.

O problema é que não se sabe quando os problemas serão solucionados.

Mesmo assim, a prefeitura prepara novas ações como descontos para os adimplentes com o IPTU. A iniciativa visa valorizar os bons pagadores, que além do desconto habitual para pagamento à vista do tributo,  receberão mais 10% de descontos como bônus a partir deste ano.

“É uma prova mútua de confiança. O contribuinte demonstra crença na nossa administração e a prefeitura reforça esse elo com a justiça fiscal. Vamos motivar o bom contribuinte”, finaliza o secretário Ferreira.


Autor: Jornal da Noticia com HiperNoticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias