Terca-Feira, 04 de Agosto de 2020

PT de Mato Grosso usará discurso contra trampolim para desqualificar nome de Taques




COMPARTILHE

O presidente estadual do PT, William Sampaio, disse que "contradição" em discurso do senador Pedro Taques (PDT) pode ser usada pelo grupo dos 7 (PMDB, PT, PSD, PR, PC do B, PP e PROS) durante campanha política neste ano. Isso porque, segundo o petista, o parlamentar e pré-candidato ao governo do Estado fazia questão de dizer durante candidatura ao Senado, em 2010, que iria cumprir o mandato de 8 anos. “Queremos fazer uma campanha propositiva, mas é uma reflexão que pode ser colocada à população”, disse durante entrevista ao Grupo RDNews, nesta segunda (20).

Além disso, Sampaio afirma que o pedetista dizia à época que os políticos não eram profissionais, já que não esperavam terminar um mandato e já almejavam outro. “Ele dizia que isso era carreirismo, então vai ficar para a sociedade julgar, inclusive quem votou nele na expectativa de que ele fosse senador”, alfineta Sampaio. O assunto já havia sido discutido inclusive dentro do PMDB, quando cogitou-se a possibilidade de lançar o deputado federal e cacique da sigla, Carlos Bezerra ao governo, já que apenas Taques estava viabilizando o nome ao posto.

Sampaio reforçou os nomes do juiz federal Julier Sebastião da Silva e de Lúdio Cabral como possíveis candidatos a governador. No entanto, a situação do magistrado – que tende a se filiar ao PT – é delicada. Ele é um dos investigados da Operação Ararath, deflagrada pela Polícia Federal, e voltou a ter seu nome citado pela empresária e colunista social Kharina Nogueira em carta divulgada neste final de semana. Ela é ex-mulher do empresário Júnior Mendonça, alvo da PF.

Quanto ao suposto envolvimento de Julier em crimes financeiros, o presidente do PT afirma que o juiz não pode ser condenado pela sociedade por um fato isolado. Lembra que o magistrado possui 20 anos de atuação em Mato Grosso, principalmente contra a corrupção e não concorda que a investigação da PF seja uma mancha em sua imagem. “Esse episódio será esclarecido”, garante.

Sampaio pontua que Julier deve decidir se entra na disputa até o final de março. No momento, o juiz tem sinalizado ao petista que entrará na briga pelo Palácio Paiaguás. “O nome dele ainda está sendo trabalhado, mas continua demonstrando interesse em disputar as eleições”, completa.


Autor: RDNews


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias