Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019

Jayme Campos critica cortes e diz que emendas são a salvação dos municípios




COMPARTILHE

O senador Jayme Campos (DEM-MT), recebeu na manhã desta quarta-feira dia 12/03, em seu gabinete, senadores e deputados para mais uma reunião da bancada federal de Mato Grosso.

A eleição do novo coordenador, as emendas de bancada, as chuvas torrenciais que atinge muitos municípios mato-grossenses foram alguns dos assuntos discutidos pelos parlamentares.

Jayme Campos aproveitou a reunião para criticar o corte de R$ 13,3 bilhões no valor previsto para as emendas parlamentares deste ano, em anúncio feito recentemente pelo ministro Guido Mantega.

“É um absurdo o que o governo está fazendo! Primeiro, porque diversos municípios brasileiros e mato-grossenses só recebem investimentos através de recursos de emendas. Se não fossem as emendas, muitas dessas cidades não sobreviveriam. Nem governo federal nem estadual estão preocupados com a gestão municipal, essa é a verdade. Sem contar que estamos diante de uma falta de respeito para com o Congresso Nacional”, criticou o senador.

A reunião começou com os parlamentares ouvindo o prefeito de Cáceres, Francis Maris, que está na luta para evitar que os postos de fronteira da região com a Bolívia possam ser desativados pelo governo federal. Segundo o prefeito, ao invés de reforçar a segurança, o governo federal pretende desativar quatro dos sete e transformar os três restantes em pelotão de polícia do Exército.

“Essa é a situação! Tentem demover o governo da ideia de desativação. Queremos que os sete sejam convertidos em pelotão, que é o melhor para o estado”, esclareceu o prefeito.

Jayme Campos, único senador presente à reunião, disse que já levou essa preocupação ao Plenário do Senado Federal, em discurso feito pouco antes do carnaval.  Na ocasião, o parlamentar afirmou que alertou o governo federal e chamou a atenção das Forças Armadas para o não fechamento dos três postos avançados do Exército, já que ali é o corredor do narcotráfico.

“90% de toda cocaína, maconha e ecstasy que entram pelo território mato-grossense, e que depois vai para os grandes centros consumidores, entram pela região da grande Cáceres”, afirmou o senador.

A bancada de Mato Grosso também discutiu a situação da BR-070, cujo asfalto está cedendo devido às fortes chuvas na região. O prefeito de Cáceres pediu aos parlamentares para que o DNIT seja informado da situação e notifique a empresa responsável pela manutenção da rodovia.

Segundo ele, a recuperação da parte danificada deve ser feita com urgência, caso contrário, o asfalto poderá ceder e interromper todo o tráfego para Amazônia e Rondônia.

Oficiais – Também participaram da reunião da bancada representantes do Sindicato dos Oficiais de Justiça de Mato Grosso (SINDOJUS), que pediram aos parlamentares apoio à emenda 421 de 2011 ao Código de Processo Civil (CPC), em tramitação na Câmara dos Deputados, com o objetivo de dar celeridade ao processo civil, fazendo com que oficiais de justiça possam exercer a função de conciliador. O SINDOJUS também quer apoio para viabilizar o porte de arma para oficiais de justiça, já previsto no estatuto do desarmamento.

Sobre o novo coordenador da bancada, Jayme Campos imprimiu seu apoio à reeleição do deputado Eliene Lima. Mas a decisão ficou para a próxima reunião que deve acontecer na outra semana.


Autor:Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<