Quarta-Feira, 08 de Abril de 2020

Roberto Dorner cobra melhor qualidade dos serviços de telefonia no Norte Araguaia




COMPARTILHE

O deputado federal Roberto Dorner (PSD-MT) questionou na última terça-feira 15/04, a qualidade dos serviços das operadoras de telefonias brasileiras por meio da Indicação nº 5987/2014, encaminhada ao ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Segundo o parlamentar, não só os cidadãos mato-grossenses, como todos os brasileiros estão sofrendo com a baixa qualidade dos serviços prestados pelas telefonias móveis. “Em Mato Grosso, por exemplo, os serviços vêm sido alvo de duras críticas. Está difícil até para completar uma ligação.”

“Falhas decorrentes de deficiências de cobertura e de fragilidade operacional do serviço, a exemplo de quedas constantes de sinal, dificuldade na realização de chamadas entre os usuários ou de áreas de “sombra” onde o telefone celular não faz ou recebe ligações, são relatadas pelos cidadãos que nos procuram para expressar sua insatisfação”, acrescentou Roberto Dorner.

Dados consolidados de 2012 sobre assuntos mais reclamados pelos consumidores colocavam em primeiro lugar o aparelho celular, com mais de 28% das demandas, seguindo da telefonia celular, com cerca de 10%. O total de reclamações contra aparelhos e operadoras do sistema de telefonia móvel superava o volume de queixas contra operadoras de cartão de crédito, bancos e telefonia fixa, entre outros setores. “Um quadro que revela um problema sistêmico, que alcança todas as operadoras.”

Para o deputado, as multas aplicadas pela Anatel não vem surtindo efeito, visto que a qualidade do serviço não melhora. “Por isso, entendo falta uma atitude mais enérgica do próprio Ministério das Comunicações. Essa situação não pode ficar assim. O brasileiro paga muito caro para ter um serviço que não retribui o retorno esperado”, afirmou.

Segundo a assessoria do deputado, uma das regiões que mais sofre, com a falta de qualidade dos serviços, das operadoras de telefonia em todo o Brasil, é região do Norte Araguaia, que avança rapidamente como a mais nova e  grande fronteira agrícola do país.


Autor:JornaldaNoticia - Renata Guimarães


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<