Terca-Feira, 12 de Novembro de 2019

Polícia Civil apreende mais de 200 pedras de crack em operação em São José do Xingu




COMPARTILHE

Mais de 200 pedras de crack foram apreendidas pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (27.03), em uma ação da Delegacia de São José do Xingu (1.200 km a Nordeste), com apoio da Delegacia de Santa Cruz do Xingu (1.230 km a Nordeste), e Delegacia Regional de Confresa (1.160 km a Nordeste).

A apreensão aconteceu durante operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar, visando o combate a criminalidade na região, em especial o tráfico de drogas. Na ação os acusados, Francisco Rubson Costa e Silva, conhecido como “Chico da Cohab”e  Antonio Carvalho Rodrigues, conhecido como “Bugiganga”, foram presos em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.

No cumprimento do mandado de busca e apreensão, na residência do suspeito Francisco, os investigadores apreenderam 194 pedras de crack, 15 porções médias de maconha, materiais para a mistura da droga, como sal amoníaco e água oxigenada, além de 06 aparelhos de telefone celular, entregues pelos usuários na troca do entorpecente, e a quantia de R$ 420, 00, em notas miudas.

A segunda ordem judicial foi cumprida em um bar, na popular Rua da Mandioca. No local, policiais localizaram escondido em um buraco da parede do quarto do suspeito Antonio, 10 pedras de crack e o valor de R$ 310,00. Questionado sobre a quantia em dinheiro, o preso confessou ser do lucro da venda de 31 trouxinhas na noite anterior.

Após o flagrante, Francisco e Antonio, foram conduzidos à Delegacia de Polícia onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.


Autor:Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<