Segunda-Feira, 16 de Dezembro de 2019

Pedro Taques articula liberação 01 bilhão de reais para saneamento em Mato Grosso




COMPARTILHE

O governador Pedro Taques e o ministro Gilberto Kassab, das Cidades, firmaram um compromisso para realizar uma análise minuciosa em projetos orçados em R$ 1 bilhão para 26 municípios de Mato Grosso na área de saneamento. Estes projetos já foram iniciados, o dinheiro foi reservado, mas não seguiram adiante devido a problemas diversos. Na reunião realizada no Ministério das Cidades, na tarde desta quarta-feira (06.05), o ministro se comprometeu com o governador em dar agilidade para destravar esse processo e que as obras saiam do papel.

De acordo com o ministro Kassab, faltam resolver inúmeras pendências, que devem ser avaliadas separadamente. Em alguns casos, por exemplo, não há projetos básicos. Em outros, o problema é a inexistência de contrapartida do Estado. “Vamos fazer um pente-fino para analisar o que está faltando para que os recursos sejam liberados o mais rapidamente possível”, disse o governador, que esteve na reunião acompanhado dos secretários de Estado de Cidades, Eduardo Chiletto, e de Comunicação, Jean Campos.

Para dar agilidade a esse processo, nas próximas semanas técnicos da Secretaria de Cidades vão a Brasília. Eles vão se reunir com uma equipe do Ministério das Cidades com o intuito de revisar os projetos que estão pendentes. A intenção é fazer um diagnóstico preciso de cada contrato para que os recursos sejam disponibilizados ao Estado e que os projetos sejam executados, beneficiando os cidadãos destes 26 municípios.

Habitação

O governador e o ministro trataram ainda de investimentos na área de habitação que devem atender 34 municípios mato-grossenses. A previsão é de que 1.240 novas unidades habitacionais sejam construídas no estado. Taques reivindicou ainda apoio do Governo Federal em um programa de construção de unidades habitacionais na zona rural. A discussão está no início e ainda não há um prazo para que as obras sejam iniciadas.

“Mato Grosso tem 43 municípios que são muito ricos e os demais ainda padecem da falta de estrutura básica. O Governo do Estado tem o compromisso de diminuir essa desigualdade”, disse Pedro Taques.

Também participaram da reunião no ministério os secretários nacionais de Transporte e Mobilidade Urbana, Dario Lopes; de Acessibilidade e Programas Urbanos, Luis Oliveira Ramos; e de Saneamento, Paulo Ferreira.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<