Sexta-Feira, 28 de Fevereiro de 2020

Agressor de Fábio Garcia diz a polícia que não foi motivado por questões políticas




COMPARTILHE

O suspeito de ter agredido com um soco no rosto o deputado Fabio Garcia (PSB), durante uma festa de santo no município de Poconé (distante 100km de Cuiabá), procurou a Polícia Civil na sexta-feira (22) para contar o motivo do ímpeto.

O delegado municipal, Olimpio da Cunha Fernandes Júnior, ouviu de maneira informal o homem, que foi identificado como Anderson Carvalho, e marcou para a próxima semana o depoimento dele e de outras testemunhas que estavam no local.

Sem passar detalhes do que o homem contou, o delegado apenas relatou que o ataque de Anderson contra Garcia não tem nada haver com política. “Ele não bateu no deputado por motivos político. Foi um momento de ímpeto elevado e ele o atacou. Não posso passar mais detalhes por que ele foi ouvido de maneira informal”, disse o delegado.

O parlamentar foi agredido quando chegou na festa. De acordo com a própria assessoria de Fábio, ele estava cumprimento os participantes quando de repente foi pego de surpresa e levou um soco no rosto. Seu assessor tentou segurar o homem e também foi agredido.

Populares comentaram que o autor do ataque é servidor no Banco do Brasil no município e correu depois do crime. Fabio, mesmo abalado pelo ataque, foi até a delegacia do município e registrou um Boletim de Ocorrências.

 

Segundo o delegado, Fábio Garcia tem seis meses para representar contra o agressor. “Ele será ouvido, mas não será preso. Preciso saber ainda se o parlamentar irá representar contra o rapaz. Ele tem seis meses pra isso", pontuou o delegado.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<