Sábado, 17 de Agosto de 2019

Em Cuiabá foi derrubada liminar que suspendeu licitação de obras da copa de 2014




COMPARTILHE

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, Rubens de Oliveira, cassou a liminar que suspendeu a entrega dos envelopes com a documentação das empresas interessadas em participar da concorrência 07/2011, para a construção de três trincheiras e um viaduto na Av. Miguel Sutil. A sessão estava agendada para às 9h, na sede da Secopa, em Cuiabá.

Na liminar favorável ao Governo do Estado de Mato Grosso, a justiça entendeu que os argumentos sustentados no Mandado de Segurança ajuizado pelo Sindicato das Indústrias da Construção Pesada de Mato Grosso (Sincop-MT) não procedem. Por meio da Procuradoria Geral do Estado, a Secopa defendeu que a liminar concedida ao Sincop-MT é desproporcional e fere interesse público manifestado na premente necessidade de se realizar as obras.

A sessão de abertura dos envelopes foi retomada no fim desta tarde com a participação de quatro empresas e três consórcios.

Nesse primeiro pacote de intervenções de travessia urbana, as obras estão divididas em quatro lotes. O primeiro prevê a construção da trincheira da Jurumirim, que terá 915 metros de extensão, além incluir melhorias no trecho compreendido entre a Rua Bela Vista (B. Jardim Leblon) e a entrada da Av. Marechal Deodoro, somando 2,4 Km.

No segundo lote, a empresa vencedora edificará um viaduto de 325 metros na região do Despraiado e realizará adequações viárias no trecho na entrada da Av. Marechal Deodoro até o trecho de acesso ao Centro de Eventos do Pantanal, totalizando 1,8 Km. A trincheira do Santa Rosa, que terá 520 metros de extensão, integra o terceiro lote da licitação, o qual inclui ainda melhorias no trecho de 2,48 Km entre o Centro de Eventos do Pantanal e a Rua Gal. Ramiro de Noronha.

E no quarto lote está prevista a trincheira do Verdão, com 460 metros de extensão, e as adequações no trecho compreendido entre a Rua Gal. Ramiro de Noronha e a Rodovia Mário Andreazza, somando 2,32 km.

 

 


Autor:Só Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<