Terca-Feira, 20 de Agosto de 2019

Perdoo o motorista, diz pai de criança atropelada por caminhão na BR-158 em Vila Rica




COMPARTILHE

Emocionado com a morte da filha, o ex-vereador de Confresa, a 1.160 km de Cuiabá, Celino Freitas diz ter perdoado o motorista do caminhão que atropelou a filha dele. Sarah Dhieniffer Barbosa Freitas, de 5 anos, morreu nesta segunda-feira (11) após ser atingida por um caminhão da prefeitura ao atravessar a BR-158, perto de Vila Rica, a 1.276 de Cuiabá, para fazer xixi durante uma viagem com a mãe.

“Foi realmente um acidente o que aconteceu. Já perdoamos o motorista e Deus está nos confortando muito”, declarou, se referindo também à mulher, mãe da menina.

Chorando, o pai lamentou a morte da filha, mas se disse confortado na palavra de Deus. “Não é fácil perder um filho. Ainda pergunto a Deus porque a levou, mas Ele quis assim e sabe o que faz”, declarou.

De acordo com Celino, ao receber a noticia do acidente, o choque foi imediato. “Fiquei muito abalado com a notícia, porque ela era uma filha muito amada e apegada comigo. Não consegui ir ao local do acidente”, lembrou, acrescentando que, a mulher viu o acidente do outro lado da rodovia.

“Apesar de tudo, ela [mulher] está bastante forte. Claro que ela também sente a dor da perda, mas Deus a deu sabedoria e, na hora do acidente, ela até confortou o motorista do caminhão”, contou. O corpo de Sarah foi velado e sepultado nesta terça-feira (12) em Confresa.

Celino conta que ainda não teve coragem de voltar para casa desde a morte da filha. “Minha casa esta cheia de fotos dela nas paredes e sobre os móveis. Ainda vou pedir para minha mulher ir lá e tirar todas as fotos para eu voltar. É muito difícil, a presença dela lá é muito forte ainda”, disse, com a voz embargada.

Sarah era uma criança extrovertida e amada por todos. “Ela cantava na igreja, era muito inteligente e foi sempre muito querida por todos”, lembrou. No próximo dia 22, Sarah iria completar seis anos.

O acidente

Sarah, a mãe, dois tios e uma prima seguiam para a cidade de Palmas (TO) para acompanhar o tratamento médico de um dos irmãos da criança. Quando sentiu vontade de fazer xixi, ela pediu ao tio, que dirigia a caminhonete em que estavam, para parar. Segundo o pai, a menina ficou com vergonha de tirar a roupa perto carro e pediu para a mãe atravessar com ela para o outro lado da rodovia.

Conforme a Polícia Civil, Sarah soltou a mão da mãe e atravessou a rodovia sozinha. Um caminhão basculante, que pertence à Prefeitura de Vila Rica, passava naquele momento. Pelos depoimentos obtidos pela policia, a criança se assustou com o veículo e ficou parada no meio da pista.

Para evitar a colisão, o motorista jogou o veículo para o acostamento, entretanto, Sarah se assustou e também correu para o acostamento, onde foi atropelada.

A polícia informou que o motorista freou o caminhão, porém, a menina foi atingida da mesma forma. Ela não resistiu e morreu ainda no local. O motorista do caminhão da prefeitura foi levado para a delegacia para prestar depoimento. Conforme a polícia, ele deve responder em liberdade por homicídio culposo (quando não há intenção de matar).


Autor:AMZ Noticias com G1


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<