Domingo, 24 de Maio de 2020

Lindemberg Alves condenado a 12 crimes, pela morte da ex-namorada Elo, em 2008




COMPARTILHE

Lindemberg Alves foi condenado por todos os 12 crimes de que foi acusado.

Na porta do Fórum de Santo André, muitos pedidos de justiça. A aglomeração do lado de fora fez a polícia aumentar a segurança no dia da sentença.

Os jurados levaram 1h20 para responder às 49 perguntas feitas pela juíza Milena Dias. A sentença só foi anunciada às 19h45: “Somadas, as penas totalizam 98 anos e 10 meses de reclusão e pagamento de 1.320 dias-multa”, anunciou.

Lindemberg Alves, há quatro dias no banco dos réus, foi condenado por 12 crimes: um homicídio duplamente qualificado contra Eloá; uma tentativa de homicídio, também duplamente qualificado, contra Nayara; uma tentativa de homicídio qualificado contra o sargento Athos Valeriano; cinco cárceres privados, por ter mantido reféns Eloá, Victor, Iago e duas vezes Nayara; quatro disparos de arma de fogo, duas dentro do apartamento e duas fora, pela janela.

Nesta quinta-feira (16), o Jornal Nacional conseguiu com exclusividade a gravação do depoimento de quarta (15) de Lindemberg Alves no tribunal.

Quando ele pediu desculpas à mãe de Eloá: "Eu queria pedir, em público, novamente, mas em público, perdão para ela, por tudo o que aconteceu".

A tentativa de explicação para estar armado: "Porque dias atrás eu tinha recebido ameaças de morte pelo telefone".

A reação ao entrar no apartamento da ex-namorada. "Fiquei surpreso porque com a presença do Iago, do Victor e da Nayara, e a Eloá ficou assustada”.

Sobre o cerco policial: "Fiquei nervoso, fiquei apavorado com a presença da polícia. Não sabia o que fazer no momento".

E o momento em que atirou em Eloá: "Com a explosão da porta, a Eloá fez um movimento de levantar e eu simplesmente, sem pensar, atirei".

As mães de Eloá e de Nayara falaram sobre o resultado do júri.

“Nada vai suprir a minha dor, mas foi feita justiça, porque, pelo menos eu sei que ele vai ficar preso, vai refletir sobre o que fez e não fazer com outras. É isso que eu espero”, disse a mãe de Eloá.

“Não sou eu que tenho que perdoar ele. É Deus. Eu espero que ela consiga voltar a ter a vida dela de volta porque, todos esses anos, ela não conseguia fazer o que um adolescente tem por direito fazer”, declarou a mãe de Nayara.

A advogada de defesa de Lindemberg Alves, Ana Lúcia Assad, anunciou que vai entrar com um pedido de anulação do júri popular. Ela tem cinco dias para fazer esse pedido.

 

 


Autor:G1


Comentários:

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 222
O Jornal da Notcia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias


Notice: Undefined variable: rsDestaque1 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 346

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 346

Notice: Undefined variable: rsDestaque2 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 348

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 348

Notice: Undefined variable: rsUltimas1 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 350

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 350

Notice: Undefined variable: rsUltimas2 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 352

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 352