Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Mato Grosso vai investir mais de R$ 2 milhões na formação de professores indígenas




COMPARTILHE

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) vai formar 315 profissionais para atuar em cursos de Ensino Médio e Magistério Intercultural para professores indígenas da rede estadual de ensino. A capacitação atenderá povos indígenas de 13 aldeias em Mato Grosso em 2016 e será realizada por meio de dois convênios federais, com um investimento geral de R$ 2.235.883,70.

Os encontros formativos vão discutir as Diversidades Educacionais, com ênfase no processo de ensino, aprendizagem e a garantia do atendimento da Educação Escolar Indígena. Participarão do curso professores, coordenadores pedagógicos e diretores de escolas indígenas, e professores e articuladores de aprendizagem em escolas indígenas.

O Magistério Intercultural é um curso em nível médio que atende professores indígenas da educação básica que não possuem a devida formação. A ação que ficou paralisada por dois anos foi retomada nessa gestão e contará com três etapas intermediárias de formação para os profissionais, a ser realizado em Cuiabá.

Mais duas etapas presenciais para 13 turmas, com a duração de 30 dias cada, serão realizadas nas escolas em aldeias indígenas listadas abaixo:

Escola Estadual Indígena Bepkororoti, município de Saõ José do Xingu na Aldeia Piaruçu;

Anexa a EEI Bepkororoti, município de Guarantã do Norte na Aldeia Nessepori;

EEI Dom Filipo Rinaldi, município de Barra do Garças na Aldeia São Marcos;

EEI Korogedo Paru, município de Santo Antônio do Leverger na Aldeia Córrego Grande;

EEI Rãi´rãte, município de Campinápolis na aldeia São Pedor;

EEI Pirineus de Souza, município de Comodoro na Aldeia Nambikwara;

EEI Central Ikpeng, município de Feliz Natal na Aldeia CTL Pavuru;

EEI Central Leonardo, município de Alto Xingu na Aldeia CTL Leonardo;

EEI Malamalali, município de Tangará da Serra na Aldeia Rio Verde;

EEI Zarup´wej, município de Rondolândia na Aldeia Zoró;

EEI Eterepuiy, município de Juína na Aldeia Rio Capivara;

EEI Myhyinymykyta Skiripi sala anexa, município de Juína Aldeia Halataikwa;

EEI Terena Komomoyea Korovôero, município de Matupá na Aldeia Iriri Novo.

O cronograma, as planilhas de participação, acompanhamento e fiscalização da formação serão realizados pela Superintendência de Diversidades Educacionais da Seduc. A formação continuada de todos os profissionais da educação compõe o acordo de resultados consolidado pela Seduc com as ações prioritárias a serem desenvolvidas no biênio de 2015/2016.

Atendimento

A Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer também retomou nessa gestão o atendimento ao Ensino Médio Integrado à Educação Profissional (Emiep) nas escolas estaduais indígenas. Nessa modalidade os estudantes estão matriculados nos cursos técnicos em Agroecologia e Meio Ambiente. Como o Magistério Intercultural, o Emiep Indígena não cumpriu todas as etapas de formação programadas para os últimos anos e teve as atividades retomadas em 2015.

A Secretaria também investirá, ao longo dos próximos oito anos, cerca de R$ 18 milhões na educação superior indígena. Os cursos ofertados, em parceria com a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), são de Licenciatura em Pedagogia Intercultural Indígena e Licenciatura Intercultural Indígena, que capacitarão 360 pessoas de 44 etnias de Mato Grosso. O processo será gradativo, com 120 estudantes ingressando a cada ano.

Essas ações serão somadas ao atendimento que já é realizado para alunos de 43 etnias matriculados em 67 escolas estaduais indígenas. Eles contam com materiais didáticos específicos e orientações curriculares que tem o objetivo de efetivar a educação escolarizada alicerçada em respeito à interculturalidade, multilinguismo e etnicidade.


Autor:AMZ Noticias com Aline Coelho


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<