Terca-Feira, 18 de Maio de 2021

Homem é preso Várzea Grande, 14 anos após matar a mulher por não aceitar separação




COMPARTILHE

Um homem, de 58 anos, foi preso 14 anos após matar a mulher por não aceitar separação. José Francisco Fernandes foi detido na quarta-feira (5), durante uma ação da Polícia Civil para cumprimentos de mandados de prisão. Ele era considerado foragido da Justiça.

José Francisco, conhecido como Fernando, é acusado de ter matado a mulher dele, Laudiceia Rufino de Souza Fernandes, em 2005, no Bairro Parque do Lago, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Após o crime, ele foi condenado a 10 anos de prisão em regime fechado, no entanto, estava solto.

De acordo com a delegada Silvia Maria Pauluzi, que conduziu o inquérito na época, o acusado não aceitava a separação e matou Laudiceia com requintes de crueldade, na casa onde moravam. O casal tinha três filhas. No momento da prisão, José Francisco foi preso em uma empresa de alimentos e conduzido para a Polinter, onde se encontra à disposição da Justiça.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias