Segunda-Feira, 21 de Junho de 2021

Empresário do agronegócio de Mato Grosso doa R$ 1 milhão para o Internacional pagar multa de Rodinei




COMPARTILHE

O Sport Club Internacional acaba de anunciar a doação no valor de R$ 1 milhão de um torcedor de Cuiabá. O valor “simbólico” foi depositado pelo produtor rural e um dos sócios do Grupo Bom Futuro, Elusmar Maggi Sheffer.

O montante foi dado para que o clube consiga escalar o lateral-direito neste domingo (21), contra Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. Vale lembrar que o torcedor assinou o termo que repassa o valor ao clube sem qualquer tipo de contrapartida. Ou seja, o Intenacional não precisará repassar o dinheiro de volta.

Rodinei está emprestado ao time gaúcho, e estava previsto em contrato que o inter presisaria repassar o valor, caso utilizassem o ala contra otime carioca A presença do jogador é considerada uma estratégia, afinal, o lateral-direito conhece bem o estilo de jogo do Flamengo, já que esteve no elenco rubro-negro, e é considerado um dos melhores marcadores do Internacional.

"O Internacional informa que recebeu nesta sexta (19/2) a doação de R$ 1 milhão de Elusmar Maggi Scheffer. O torcedor colorado, morador de Cuiabá-MT, assinou o termo que repassa o valor ao Clube sem qualquer tipo de contrapartida. Nosso mais sincero agradecimento!", divulgou a equipe, em suas redes sociais.

A final antecipada entre Inter e Flamengo acontece neste domingo, 15h. O inter é o líder, com 69 pontos, enquanto o Rubro-Negro está na cola, com 68. O São Paulo briga por fora. Se conseguir uma vitória no Rio de Janeiro, o colorado levará o título para o Rio Grande do Sul após 42 anos.


Autor: AMZ Noticias com Gazeta Digital


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias