Quinta-Feira, 21 de Outubro de 2021

Quase 10 anos e 400 jogos depois, Internacional prepara a despedida do zagueiro Índio




COMPARTILHE

Enquanto tenta retornar ao G-4 do Brasileirão, o Inter já projeta 2015 fora dos gramados. Uma grande festa é programada para ocorrer início do próximo ano. O motivo é a despedida do zagueiro  Índio , que chegou em 2005 ao Beira-Rio e será homenageado em seu 10º ano de camisa colorada. Uma partida comemorativa será realizada e deve reunir outros ídolos do clube que aturam com o campeão da Libertadores e do mundo em 2006.

A data ainda não está confirmada. A tendência é que ocorra após o encerramento da pré-temporada, entre o fim de janeiro e o início de fevereiro. Os detalhes são discutidos entre a direção colorada e os procuradores do zagueiro. As conversas para o evento definirão o tema, os convidados e como será o protocolo. A emoção deverá cercar a tônica da partida, principalmente por conta da despedida do zagueiro.

Já no jogo de reinauguração do Beira-Rio, quando o Inter venceu o Peñarol por 2 a 1, o jogador de 39 anos mostrava todo o seu afeto pelo clube. Ao entrar na segunda etapa em campo, ganhou a braçadeira e um beijo do capitão D'Alessandro.

Durante o tempo em que esteve na partida, sorria a cada jogada. Ao final, levantou a taça e chorou nos braços de Abel Braga, durante a volta olímpica e no trajeto do campo até o vestiário junto ao filho Marquinhos, que joga nas categorias de base do Inter e segue seus passos - ainda que no ataque.

No final de junho, Índio renovou com o clube por mais seis meses. Atualmente, disputa vaga na zaga e não é relacionado para a maioria dos jogos. Na hierarquia de Abel, está atrás de Juan, Paulão, Ernando, Alan Costa e Thales. Apesar da reserva, é um dos jogadores mais queridos do vestiário. Nos treinos, o sorriso e as brincadeiras são marcas registradas do atleta.

Sua última partida pela equipe ocorreu ainda no primeiro turno do Brasileirão, no empate em 1 a 1 com o Coritiba, em dia 20 de maio. Na ocasião, acabou substituído por Alan Costa aos 18 minutos do segundo tempo.

Currículo vitorioso

Desde 2005 no Colorado, Índio tem 391 partidas pelo clube, o jogador que mais entrou em campo do atual grupo. Também contabiliza 33 gols, maior marca de um zagueiro que já defendeu o time. 

Nestes 10 anos, conquistou o Mundial (2006), duas Libertadores (2006 e 2010), duas Recopas (2007 e 2011), Sul-Americana (2008) e sete Gauchões (2005, 2008, 2009, 2011, 2012, 2013 e 2014), além das Copas Dubai (2008) e Suruga (2009).


Autor: G1


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias